“GRIPE” não se cura com Antibióticos!

1 Flares Filament.io 1 Flares ×

Um dos principais motivos pelo qual as pessoas compram um antibiótico, geralmente é quando estão gripados ou resfriados. A gripe ou o resfriado são doenças virais, assim como a caxumba, catapora ou o sarampo. O antibiótico deve ser tomado em casos de doenças adquiridas por meio de bactérias infecciosas: pneumonia, amidalite, entre outras.

o-GRIPE-facebook

O ato de se automedicar virou “costume” e infelizmente isso com corroborado com a resistência bacteriana. Dessa forma a Anvisa teve de intervir para que isso não procedesse mais, e assim todo antibiótico precisa de prescrição medica ou receita para poder ser comprado.

E já é sabido que tomar antibióticos sem receita pode aumentar a resistência do organismo a bactérias, vírus e fungos. Desta forma, o antibiótico começa a perder sua eficácia. Isso porque a cada vez que a pessoa ingere incorretamente o antibiótico, as bactérias ganham força e podem não ser mais destruídas com o antibiótico. “A própria superbactéria é o resultado do uso indevido dos antibióticos, é tão sério a utilização incorreta deste medicamento, que pode levar a pessoa a morrer”.

images (3)

O Grande problema não se encontra apenas no mal uso dos antibióticos por pacientes que se automedica mas principalmente com os aplicados em pacientes dentro de hospitais. A ANVISA  afirma que apesar de as pessoas que trabalham na área da saúde ser capacitadas, eles pecam, às vezes, por prescrever antibióticos errados a seus pacientes.

Para fazer uso de um antibiótico a melhor maneira ou a mais correta seria  que antes de medicar realizar um procedimento  médico chamado cultura. Para se fazer a cultura o médico precisa colher o material de onde existe a bactéria infecciosa e colocá-la em vários antibióticos, sendo assim é possível detectar qual antibiótico a destruirá, visto que a antibióticos que a bactéria resiste e ganha força.

Embora na teoria seja desta forma, a cultura não é realizada em todos os casos, por se tratar de um procedimento trabalhoso e as vezes bastante caro; ela deve ser feita em laboratório.

Fonte BVS (Biblioteca Virtual em Saúde)

E se você gostou desse artigo, deixe seu comentário com sugestões para próximos conteúdos ou alguma dúvida que você tem. E se conhece alguém que precisa dessa informação, compartilhe nas redes sociais. Dessa formar vamos ajudar mais e mais pessoas.

Receba as melhores dicas para melhorar sua qualidade de vida.

Fernando Muterle

Olá, eu sou Fernando Muterle - professor Universitário e também Fundador do “IMCF” . O IMCF foi criado com o objetivo de promover o Networking entre profissionais, estudantes e interessados, com temas pertinentes a saúde e qualidade de vida. Participe, assista as entrevistas e registre a sua opinião.

Website: http://imcf.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *